A R T E S
  • Pagina Principal
  • Artes Cênicas
  • Artes Plásticas
  • Artes Musicais
  • Artes Literárias
  • Cultura Popular
  • Manifestos
  • Campanhas
  • Contate-nos

  • DIVERSOS
  • CRIANÇAS
  • Paixão de Cristo
  • Teatros
  • CLÁSSICOS
  • Bibliotecas
  • Antiqüários
  • Museus & Galerias
  • PRÊMIOS
  • Entidades & Cia.
  • Fora de Ordem
  • DIA DO TEATRO


    Follow us on
  • Sylvia OrthofMÃEA Mulher e o Homem 

     M Ã E !

    SE AS COISAS FOSSEM MÃES
    Sylvia Orthof

    e a lua fosse mãe, seria mãe das estrelas,
    O céu seria sua casa, casa das estrelas belas.


    e a sereia fosse mãe, seria mãe dos peixinhos,
    O mar seria um jardim e os barcos seus caminhos.

    e a casa fosse mãe, seria a mãe das janelas,
    Conversaria com a lua sobre as crianças-estrelas,
    Falaria de receitas, pastéis de vento, quindins,
    Emprestaria a cozinha pra lua fazer pudins!


    e a terra fosse mãe, seria mãe das sementes,
    pois mãe é tudo que abraça, acha graça e ama a gente.

    e uma fada fosse mãe, seria a mãe da alegria.
    Toda mãe é um pouco fada... Nossa mãe fada seria.


    e uma bruxa fosse mãe, seria mamãe gozada:
    Seria a mãe das vassouras, da Família Vassourada!

    e a chaleira fosse mãe, seria a mãe da água fervida,
    Faria chá e remédio para as doenças da vida.

    e a mesa fosse mãe, as filhas, sendo cadeiras,
    Sentariam comportadas, teriam “boas maneiras”.


    ada mãe é diferente:
    Mãe verdadeira, ou postiça, mãe-vovó, mãe titia,
    Maria, Filó, Francisca, Gertrudes, Malvina, Alice,
    toda mãe é como eu disse.

    ona Mamãe ralha e beija,
    Erra, acerta, arruma a mesa, cozinha, escreve, trabalha fora,
    Ri, esquece, lembra e chora, traz remédio e sobremesa.


    em até pai que é “tipo-mãe”...
    Esse, então, é uma beleza

    HOMENAGEM:

    (c) www.artes.com