A R T E S
  • Pagina Principal
  • Artes Cênicas
  • Artes Plásticas
  • Artes Musicais
  • Artes Literárias
  • Cultura Popular
  • Manifestos
  • Campanhas
  • Contate-nos

  • DIVERSOS
  • CRIANÇAS
  • Paixão de Cristo
  • Teatros
  • CLÁSSICOS
  • Bibliotecas
  • Antiqüários
  • Museus & Galerias
  • PRÊMIOS
  • Entidades & Cia.
  • Fora de Ordem
  • DIA DO TEATRO


    Follow us on

  •  OS SANTOS E AS FESTAS

    SÃO JOÃO EVANGELISTA

    Filho de Zebedeu e Salomé, irmão de Thiago, conhecido nos evangelhos como o apóstolo predileto de Jesus Cristo. Assim como o pai e o irmão, era pescador, nascido em Betsaida.

    Revelando sempre sua enorme dedicação, João esteve ao lado de Cristo até os seus últimos momentos, tendo, ao pé da Cruz, recebido do próprio Cristo, o encargo de cuidar de Maria. Juntamente com Thiago e Pedro, que viria a negar o Senhor, fazia parte do grupo mais próximo dentre os apóstolos.

    Juntamente com Pedro, foi do grupo judaizante, em oposição a São Paulo, vindo depois a aceitar a sua posição - de que o judaismo não poderia ser imposto aos adeptos do cristianismo.

    Há controvérsias a respeito de sua história posterior:

  • Polícrates afirmou que o apóstolo esteve em Éfeso no ano de 196.
  • Tertuliano relata a sua expulsão ara a Ilha de Patmos, onde teria sobrevivido a uma imersão em óleo fervente.
  • Discute-se a sua autoria do IV Evangelho e também a do Apocalipse.
  • Consta ainda que João teria sido morto entre 60 e 70 pelos judeus.

    A Lenda

    Como surgiu a festa de São João:

    Dizem que Santa Isabel era muito amiga de Nossa Senhora e, por isso, costumavam visitar-se. Uma tarde, Santa Isabel foi a casa de Nossa Senhora e aproveitou para contar-lhe que dentro de algum tempo nasceria seu filho, que se chamaria João Batista. Nossa Senhora então lhe perguntou:

    - Como poderei saber do nascimento desta criança?
    - Acenderei uma fogueira bem grande; assim você de longe poderá vê-la e saberá que João nasceu. Mandarei também erguer um mastro com uma boneca sobre ele.


    Santa Isabel cumpriu a promessa.
    Um dia Nossa Senhora viu ao longe uma fumaceira e depois umas chamas bem vermelhas.
    Dirigiu-se para a casa de Isabel e encontrou o menino João Batista, que mais tarde seria um dos santos mais importantes da religião católica. Isso se deu no dia 24 de junho.

    Bombas de São João:

    Antes de São João nascer, seu pai São Zacarias andava muito triste por não ter filhos. Certa vez apareceu-lhe um anjo de asas coloridas, todo iluminado por uma luz misteriosa e anunciou que Zacarias seria pai.
    A sua alegria foi tão grande que Zacarias perdeu a voz e emudeceu até o nascimento do seu filho. No dia do nascimento do seu filho, mostraram-na a criança e perguntaram como desejava que se chamasse.
    Zacarias fez grande esforço e por fim conseguiu dizer:

    - " João" .

    Desse instante em diante Zacarias voltou a falar. Todos ficaram tão felizes e foi um barulhão enorme. Eram vivas para todos os lados.
    Lá estava o velho Zacarias, contente, olhando, orgulhoso o filho recém nascido... Dai as bombinhas, tão apreciadas pelas crianças fazerem parte dos festejos juninos.

  • (c) www.artes.com